Mitra e Jesus Rituais e manipulação católica

O Mitraismo é uma religião assíria que se estendeu desde a Roma, passando à Índia e até à Roma. E é neste momento onde tudo acontece de errado. Não que mitra seja errado, mas a igreja católica contaminou a verdade.

A igreja inventou dados que não existiam na Bíblia. Nada na Bíblia afirma o dia que o nascimento de Jesus aconteceu em 25 de dezembro, ou seja é uma  adição baseada em mitra.  Jesus não era de fato um pastor, ele era quando muito um carpinteiro.
img_0459

REVELANDO A VERDADE - Católicos não adoram a JESUS MAS A UM DEUS PAGÃO - MITRA

O culto de Mitra chegou à Europa através de vários povos, ganhando, na Grécia Antiga, sua grandeza. Com a adoção da religião grega pelos romanos em 146 a.C., Mitra foi literalmente adotado como divindade principal se mantendo assim até o século III d.C. No Império Romano, foi objeto de culto e teve seu culto incorporado ao cristianismo, até sua data de nascimento foi escolhida para Jesus. Pois Jesus nunca nasceu em dezembro, mas entre maio e julho, a data provável é 8 de junho.
Os católicos ainda adoram um objeto com o formato de um Sol símbolo solar de Mitra, o chapéu do Papa se chama Mitra, e basta pesquisar pelo CNPJ das igrejas católicas de sua cidade que verá que todas elas começam com o nome Mitra.

Pesquise estes dados e verificará que é a mais pura verdade. Há outros pontos em comum, mas não vamos nos ater a eles agora.

Ajude-nos a expor está verdade que está diante de nossos narizes a quase 1300 anos. Eles escondem a verdade.

Compartilhem, compartilhem, compartilhem, compartilhem, compartilhem.

img_0460

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *