A biblia em fragmentos autênticos Entenda como funciona o processo de união Histórica dos fragmentos bíblicos

A Bíblia como a conhecemos e a temos em nossas mãos:

  • não caiu do Céus pronta;
  • foi escrita anos após os acontecimentos;
  • a autoria dos livros nem sempre é real, às vezes foi uma mera necessidade de dar um título que lhe desse autoridade;
  • devido à ação do tempo, muitos manuscritos tinham (e tem) partes faltosas, assim como haviam muitas cópias, chamados Códices foram usados. Veja nas imagens abaixo alguns exemplos:

Devido a este fato muitos manuscritos foram usados para se completar as lacunas, e mesmo assim, há algumas divergências. Alguns dos evangelhos e cartas receberam fragmentos de vários códices e até línguas, ou melhor dialetos diferentes do grego e do Latim.

  

Nas imagens acima temos as fontes do conhecido "Textu Rceptus" um dos manuscritos usados por certas Bíblias em oposição a outra versão chamada  considerada uma versão melhorada chamada "Texto Majoritário", tanto um quanto o outro usando códices: Vaticano, Alexandrino, Sinaico. Além de várias versões Latinas, ciriacas e copticas.

Mesmo assim, ainda temos variáveis significativas, pois é da combinação destes fragmentos que temos algumas traduções em línguas modernas como: ingles, francês, alemão, espanhol e italiano. Infelizmente poucas versões em língua portuguesa tiveram uma origem direta das línguas originais quer sejam manuscritos, códices ou mesmo texto majoritário/ recepus. As Bíblias do Brasil são traduções do inglês (usando King James e NIV) originando variações da famosa Almeida, a NVI (Nova versão internacional) é mesmo a King James em português não é fiel à versão histórica da famosa King James. Outra versão importante é a Bíblia de Jerusalém que foi traduzida direto de grandes manuscritos, mas nossa versão veio da original Francesa, está também apresenta problemas, menores que as citadas anteriores.

Nao devemos nunca confiar em uma única versão, se você não conhecer outras línguas: antigas ou modernas (como fontes fiéis), tenha pelo menos 4 Bíblias em versões diferentes. Esteja atento que algumas tem apenas o nome de capa diferente, mas a versão é a mesma: Thompson usa a Almeida,   Bílis Judaica usa Almeida com alteração de nomes, Bíblia de Lutero é uma afronta pois usa Almeida e da a entender que é uma tradução da famosa Bíblia luterana (está possui apenas comentários de Lutero),  Freak Bible ou outras versões como Fé usam a NVI, assim temos apenas o mesmo do mesmo com capas diferentes.

Tenha Bíblias católicas, protestantes, e inter-denominacionais, como: Almeida, Jerusalém, a Bíblia Hebraica (apenas o VT uma versão dos Judeus publicada pela Sefer), NTLH, NVI , Ave Maria e A Voz de Deus.

Agora é iniciar sua coleção para um estudo aprofundado da palavra de Deus.